Translate

sexta-feira, 24 de agosto de 2012

You and Me

"I was made for you." (Brandi Carlile - The Story)
I don't have more words to describe what I feel about you.
My mom gave me life and you are the reason why I keep living.
I wish to stay with you for all my life and love you until eternity. I don't want to discuss or to be away from you, because YOU ARE a part of ME.

domingo, 12 de agosto de 2012

amo-te eternamente

Sobre um papel rasgado escrevo bonitas palavras de amor. Palavras que me vão encher de esperanças de amar até ao fim. Porque um sempre não é real e eterno pode ser um segundo. Porque eu sei que te amo o suficiente para morrer por ti. Porque te amo o suficiente para ter medo que não me ames a mim. Porque tenho medo de te amar de mais e sofrer por um final previsto. Porque o tempo é curto para tantos porquês.
Escrevo coisas que tenciono fazer no futuro, ao teu lado porque sem ti... O que há para lá de te amar? O que pode ser mais ambicioso do que amar quem me ama até que o final das nossas vidas acabe por chegar...
Se um dia te perder eu vou à tua procura. Se um dia te esqueceres de mim, eu faço-te lembrar de todos os bons momentos que passamos juntos.
Mas se um dia deixares de me amar, bem, eu guardarei no meu coração o amor que me deste, e guarda-lo-ei eternamente...

pensei bem, pensei errado

Um dia pensei que era tudo. Eras prefeito, mesmo com todas as tuas imperfeições e defeitos, com todas as tuas manias e todas tuas particularidades, eu pensei:

"Mesmo antes de nascer,
Já estava destinado que ao teu lado ia morrer."

Mas no dia seguinte descobri que todos os sonhos acabam ao acordar, todas as promessas quebram-se antes de serem compridas e amor... pois, o amor foi o meu maior traiçoeiro. Eu amava-te como se fosses meu de verdade, como se a distancia não nos separa-se. Amei-te o tempo suficiente para sofrer até ao momento de perceber que nunca te tive, que nunca foste meu e que tu só gozaste comigo. Foi duro ouvir tais palavras vindas da minha mente, mente essa que tinha idealizado uma vida ao teu lado... E agora? Será errado eu ter medo de acabar sozinha? Será correto pensar que não sei ao certo o meu futuro?
Eu pensei ter sido feita para ti, pensei errado. Pensei, depois de tanto amar, nunca me esquecer de quanto te amei., pensei bem. Pensei que seria para sempre, mas sempre tem um fim, por isso aqui está ele a amedrontar-me para continuar a viver o presente.
Mas e agora? Não sei se quero seguir para o futuro se tiver que reviver o passado, voltar a passar pela dor de não ser amado...