Translate

terça-feira, 11 de setembro de 2012

inspirada numa"branca" de escritor


Eu perdi o direito de te tocar, nem que fosse com uma única só mão. Não me deixas voltar a entrar o teu mundo mas ambos sabemos que fui eu que o criei e sabes que sem mim não terás futuro… se somos parte um do outro, porque não me deixas desenhar os contornos do teu rosto com as letras do meu dicionário?
De que sou eu feita para ser merecedora da desfeita de não me deixares entrar no mundo em que tu vives e eu inventei?

Sem comentários:

Enviar um comentário