Translate

sábado, 26 de janeiro de 2013

movimentos para o bem

Sei que uso este blog como forma de expressão  para sentimentos escondidos dentro das camadas da minha pele, desta vez uso esta minha capacidade (inútil) para vos fazer ver (quem decidir ler isto) que há coisas as quais tapamos os olhos e os ouvidos, fica como um assunto encerrado passado apenas pelas nossas mentes.  
 Não vou falar de amor, nem de morte e nem será para promover a minha forma de escrever, desta vez só quero partilhar as minhas ideias.

Gostaria de começar por falar de política assunto que muito mexe com o meu país neste momento... Todos criticam mas na hora de votar lembram-se das campanhas, das promessas e depois queixam-se que são mentiras e ilusões, meus caros contemporâneos, digo-vos que votarei em alguém que usar o dinheiro, que tem disponível para campanha eleitoral, nas pessoas mais necessitadas... os dinheiros públicos devem ser usados no bem do país e não no bem das agências de publicidade.
Não vos quero chatear mais com este assunto parece-me que tudo é dito nestas frases tudo o que há para dizer sobre alguém que se propõem a governar um país, mas assim que tem dinheiro o usa para afixar cartazes por todo o lado.

Outro assunto importante que quero salientar é o ambiente. Se fosse um ícone mundial a dizer isto, toda a gente construía casas blindadas para o fim do mundo, como sou eu nada disto têm importância. O mundo está a morrer mas isso de nada interessa porque nós vivemos na internet e ela é ilimitada, até faltar a luz. Não desminto eu também perco horas em frente ao computador, mas eu adopto animais abandonados, faço a reciclagem, todos os restos de comida são aproveitados e o meu quintalzinho é cultivado e não está ao abandono como todas as outras terras que vejo por aí. Mas isso nada é importante porque eu sozinha nada faço além de não estar dentro dos números das pessoas da minha idade que pensam em tudo menos no que está à sua volta... Adolescentes fumadores, mal educados e delinquentes é assim que eu mesma vejo pessoas ao meu redor...
 Só gostava que pensassem um pouco no que estão a deixar morrer, os tempos são de mudança mas a moda é mais importante que o frio que estará amanhã de manhã, a morte do planeta é só a consequência da nossa passagem por ele. Todos nós queremos marcar o mundo e é isto que eu estou a tentar fazer, gostaria de conseguir com minhas palavras mover corações de pedra... Até a medusa foi vencida... 
Nossos velhos hábitos de poluição são depuráveis e não é esta a marca que eu quero que a minha geração deixe neste mundo, não quero que saíamos à rua e gritemos pelo nosso bem de estar nesta enorme casa, mas quero que mudemos, só um bocadinho, para merecermos viver nela... por vezes gestos tão fáceis mudam tanto a nossa vida e que mudava amarmos o nosso mundo como nos amamos a nós?

Mas de nada valem as minhas palavras se todos nós continuarmos a sermos falsos connosco e com os outros...
Por vezes gostaria que o Homem nunca tivesse existido porque para que serve a nossa espécie para lá de destruir a nossa casa? Por vezes, tenho a certeza que este mundo, seria um mundo melhor se não existisse uma espécie como nós.

Vá agora critiquem a dizer que escrevi montes de erros quando tudo o que queria era escrever aquilo que todos devíamos ter em mente... :|

Sem comentários:

Enviar um comentário