Translate

sexta-feira, 15 de fevereiro de 2013


 Eu vou trair-te. Eu sei disso e tu também, não te irei trair com outro homem, mas sim com uma personagem fictícia criada pela minha imaginação.
 
Meu corpo será sempre digno do teu toque, mas o meu amor será partilhado por cada semente de paixão, cada sentimento de outro mundo cada fantasia da minha ilusão.
Estarás tu disposto a partilhar-me com algo que nem saberás o que é?
Hoje será uma criatura de olhos avermelhados, amanhã com asas negras e depois? Ainda não sei, está por inventar… Mas decerto que será algo do qual só a minha mente ouviu falar.

Sem comentários:

Enviar um comentário