Translate

segunda-feira, 8 de julho de 2013


Olhos lacrimejantes que chorais em tempos por mim,
Vós contais-me tanta coisa que me apaixonei por ti.
Olhos mentirosos e imergentes!

Ora tu roubais os sonhos de todas as gentes!
E guardais os meus no teu baú de tesouros…
Mas devolvei tudo o que é meu, os meus ouros!

Pois sem essas preciosidades eu não poderei mais viver,
Eu só sei ser assim. Feliz por ainda ter certezas de saber
Onde eu escondo meus sonhos e minhas magias.

Estão escondidos nos meus sonhos, nas minhas fantasias!

Sem comentários:

Enviar um comentário