Translate

sábado, 24 de agosto de 2013

Traíste-me!

Depois de tantas discussões, tantas brigas e de tantos bons momentos juntas, entre a maquilhagem e o flash da maquina fotográfica. As nossas conversas de rapazes e de "aquela gaja é mesmo oferecida".
O incrível da situação é que estes momentos ainda me fazem sorrir, porque no fundo eu continuou a gostar muito de ti, mas o que me fizeste eu nunca irei perdoar!
Tu traíste-me! E uma traição não se perdoa.
Neste momento, não sei se sinto raiva, ódio ou nojo de ti. A única coisa que sei é que o passado sempre apagou a magoa das traições que  me foste causando durante estes 14 anos de amizade, mas isto? Não! Isto nem o melhor passado do mundo consegue perdoar!
Tu escolheste o teu destino e eu o meu, pelos vistos nenhuma de nós está interessada a levantar de novo esta amizade... Por isso, se um dia precisares de mim, sabes onde me encontrar, podes sempre chorar no meu ombro que eu irei sempre ajudar-te, mas sei que nunca receberei o mesmo vindo de ti.

Sem comentários:

Enviar um comentário