Translate

sexta-feira, 13 de fevereiro de 2015

Adoro as pessoas que se dizem defensoras dos animais (por exemplo: vacas, coelhos, porcos) e depois comem-nos... Então, segundo estas pessoas existem direitos dos animais mas só quando esse animais não são o jantar dessas pessoas.
Atitude nada hipócrita!

3 comentários:

  1. http://conversavinagrada.blogspot.pt/2013/12/contos-de-natal-iii-neste-natal-nao-ha.html

    ResponderEliminar
  2. É, de facto. Mas como resolver isto? Os vegetais também são seres vivos... A tristeza é que somos carnívoros como são os cães e os gatos e os leões e os peixes... Teremos talvez de fazer a diferença entre os animais da nossa cadeia alimentar e os chamados de estimação. Mesmo assim muito complicado...

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Talvez fosse mais justo implantar medidas que diminuíssem a população mundial (sem fazer ninguém de vítima, utilizar medidas como o filho único, sim isso traria problemas económicos, mas traria a solução para o problema da falta de recursos) e aí haveriam menos animais a ser mortos para satisfazer as nossas necessidades. A meu ver, é tudo culpa da sobrepopulação!

      Eliminar