Translate

terça-feira, 19 de maio de 2015

as minhas marovas

Eu sou tão especial que devia ter um nome para a minha espécie rara. Ando a ver por aí muitas fotografias de cerejas e decidi partilhar as minhas, as minhas queridas marovas a quem sempre fui fiel. São cerejas pequeninas e nada gradas e nunca vi cerejas destas à venda em lado nenhum. Na casa dois meus avós há duas cerejeiras destas e tenho intenções de cuidar delas para que esta espécie não desapareça.
E porque é que sou uma espécie rara? Porque só gosto destas cerejas (eu talvez só goste de ser diferente)!

2 comentários: